NOVIDADES

INOVAÇÃO E TECNOLOGIAS 14/08/2017 18:09 Ascom Famato

Missão AgriHub Israel 2017 revela muitas possibilidades de negócios

Produtiva. Esta é a avaliação da Missão AgriHub Isrtael 2017. O presidente do Sistema Famato/SENAR-MT Normando Corral ressalta que o grupo teve a oportunidade de ver o que há de mais moderno em tecnologias aplicadas na agricultura. “Nós temos o dever de estar sempre em busca de algo que ajude a melhorar a produtividade e a lucratividade do produtor”.

Corral diz ainda que nem tudo o que foi visto em Israel durante a Missão AgriHub Israel 2017 serve para os produtores mato-grosenses, mas, segundo ele, o aprendizado é sempre muito importante e faz com que surjam novas ideias. "Tudo o que vimos será replicado por meio do SENAR-MT que vai preparar uma apresentação com dados e informações sobre tudo o que foi visto. Vamos replicar principalmente para os presidentes de Sindicatos de Produtores Rurais".

Para o coordenador do AgriHub e superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Daniel Latorraca, a intenção de conhecer soluções tecnológicas, apresentar o AgriHub e iniciar conversas para futuras parcerias foi cumprida. "A semana foi produtiva com mais de 15 reuniões de trabalho. Vimos que muitas soluções podem se tornar realidade para os produtores de Mato Grosso", enfatiza Latorraca.

O superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MT), Otávio Celidonio acrescenta que além dos produtores conhecerem ideias e inovações que atendem a necessidade de produtores rurais do mundo inteiro, houve a oportunidade de conhecer a cultura. "Mais que isso, pudemos ver toda a estrutura que existe para que esse exército de inovadores crie novas tecnologias. Isso é o resultado de um trabalho muito intenso e do investimento do governo em educação".

Para Celidonio, é preciso investir numa cultura de transformações. O SENAR-MT tem muito a contribuir com essa transformação levando conhecimento e capacitação. "Também existe o outro lado que é o mostrar como empreender. Tudo isso está dentro do escopo do projeto AgriHub".

Rodrigo Iafelice dos Santos, da CGC Trading, que é parceira do AgriHub, ressalta que a viagem foi uma oportunidade para ver as inovações e biotecnologia que podem ser aplicadas não só em Mato Grosso, mas também em todo o Brasil. "Identificamos muitas oportunidades que com certeza vamos aproveitar. Temos muito interesse em manter essa parceria com o AgriHub e com o Sistema Famato/SENAR-MT que vai manter Mato Grosso na liderança do agronegócio mundial".

Cada um dos integrantes identificou tecnologias que poderão ser aplicadas em suas propriedades. Os produtores Rurais Rogério Romanini e Rui Prado ficaram interessados nas pistolas automáticas para vacinação. "Vimos muitas coisas interessantes, mas esta pistola facilitará nossas vidas. Poderemos vacinar e informar em tempo real todas os dados sobre os animais. Acredito que o Sistema Famato/SENAR-MT vai trabalhar para que este produto esteja no Brasil em breve".

Para Prado, assim como para o grupo que participou da Missão AgrHub Israel 2017, esse é o papel do AgriHub. "Fazer as conexões, trazer inovação e novas tecnologias para o setor. Essa semana de trabalho em Israel foi simplesmente fantástica", conta Rui Prado.

Mas não foram só as novas tecnologias que impressionaram os produtores mato-grossenses que participam da Missão AgriHub Israel 2017, mas também a cultura empreendedora do povo Israelense. "Eles têm dificuldades hídricas e muitas guerras, mas estão sempre em busca de soluções para as dificuldades e na agricultura não é diferente. Eles encontram as soluções tecnológicas e vendem para o mundo inteiro. O que mais me impressionou foi a cultura empreendedora dos israelenses", conclui o produtor rural, Adolfo Petry.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo