NOVIDADES

AGRIHUB 22/11/2017 16:15

AgriHub: conheça tecnologias que ajudam a produzir mais e gastar menos

Só quem vive no campo, na lida do dia a dia, com terra nas botas e a cabeça na lavoura é que consegue saber exatamente quais as reais necessidades da atividade rural. Nenhuma empresa conseguiria criar uma solução específica, sem antes fazer uma pesquisa aprofundada do problema. Percebendo isso, foi criada uma rede para levar os problemas relatados no campo, diretamente a empresas que possam solucioná-los, chamado AgriHub.

Normalmente, o programa Agrihub faz maratonas, de até 53 horas seguidas, com universitários e empresas interessadas em criar soluções para problemas previamente levantados em algumas regiões. Os vencedores passam a fazer testes com as tecnologias criadas para saber se serão aceitas no mercado e, em caso positivo, fazem o lançamento.

“O programa AgriHub não é um conceito, é uma realidade, pois já está em prática. Ele consiste em pegar alguma dificuldade do produtor rural, levar para empresas de tecnologia, que buscarão soluções reais para isso”, diz Fábio Silva, responsável pelas parcerias do AgriHub. “Um exemplo é que após fazer um levantamento dos problemas no campo, identificamos que o compartilhamento de informações entre eles, é muito ruim, ou nem existe. E pensamos em criar algo para melhorar isso.”

Depois que o desafio foi lançado, o vencedor sugeriu algo que realmente mudará a maneira como o produtor negocia seus insumos. Um aplicativo gratuito que recebe informações sobre os preços dos insumos em cada cidade e ajuda na comparação. O nome da empresa é AgriTrade e em um dos experimentos, o produto de uma marca específica, foi vendido, na mesma região com uma diferença de US$ 9. “Essa tecnologia dará poder de barganha ao produtor que terá uma visão mais clara do mercado. Sabemos que no bate papo, muitos produtores não abrem quanto pagam nos insumos. No aplicativo ele poderá dizer de maneira anônima e quem recebe terá confiança nos dados”, explica um dos fundadores da ferramenta, Leandro Bosaipo.

Claro que a primeira questão que veio a cabeça foi: como confiar no valor passado pelo outro produtor que abasteceu o aplicativo? Isso também foi pensado e  os dados só são validados mediante apresentação da nota de compra. “Esta foi uma das primeiras preocupações que recebemos dos produtores que estão testando a ferramenta. Hoje temos mais de 100 cadastrados, mas para validar a eficiência do Agritrade focamos em 10 agricultores, que ao final da safra em 2018, mostrarão os resultados”, diz o representante.

Até lá, os interessados na ferramenta poderão acessar o site do Agritrade e se cadastrar. vale ressaltar que a ferramenta ainda está em testes, mas quando for lançada oficialmente não terá custos ao produtor, que poderá baixar o aplicativo para o sistema IOS e Android. “Se a proposta é baixar custos, não faz sentido gerar custos cobrando o uso. Nossa ferramenta se baseia na cooperação e quanto mais melhor. Inicialmente ela será lançada apenas em Mato Grosso e, em uma cidade de cada vez”, confirma Bosaipo.

Inovação que evita desperdício

Outra ferramenta que foi criada com base nos problemas indicados pelos produtores é o Sprayflow, da empresa X Factory. Neste caso, a demanda foi percebida durante um Fórum Soja Brasil. Presente entre os participantes do evento, o fundador da empresa, Edson Minatel, notou que o desperdício na pulverização era um gargalo que gera altos custos e resolveu criar uma solução.

“Na verdade, o produto é um copo, que ao ser colocado em um bico de pulverização, durante dez segundos, serve como medidor do fluxo. Depois de coletado o líquido, um aplicativo de celular, que não precisa de internet para funcionar, faz a leitura do copo e diz se a o bico está desgastado ou entupido”, explica Minatel.

Segundo ele um leve desgaste na peça pode render um prejuízo de até 100 ml por minuto ao produtor rural. “O medidor de vazão de bico é simples de ser usado e poupa o produtor de um processo difícil de calcular sozinho. Já fizemos vários testes e agora iremos lançar ao mercado com um preço bastante acessível”, confirma ele.

O produtor que comprar o Sprayflow (veja o contato aqui), pagará algo em torno de R$ 850, com direito a um copo medidor, o aplicativo e uma maleta para carregar. “O valor é único, não terá mais nenhum custo. E enviaremos para todo o Brasil e exterior”, conta Minatel.

Daniel Popov, de São Paulo


Veja também sobre Agrihub tecnologia
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo